slideslideslide

 

 

CONSULTORIA EM TURISMO
Viagens nacionais e internacionais com plantão de atendimento 24h durante a viagem

Antes só e bem acompanhada!

Na constante revolução social feminina, uma coisa é certa:Conquistamos nosso espaço no quesito viagem. Mulheres maduras se aventuram em viagens solo e ganham o mundo. Elas têm energia e disposição de sobra para embarcar em novas aventuras. Uma forma de fazer amigos e driblar a solidão.

Com os filhos criados, profissão consolidada ou aposentadas, podem aproveitar as variadas experiências que uma viagem proporciona, uma verdadeira terapia ocupacional! Você pode sair em “carreira solo”, através de um roteiro personalizado, com o seu jeito e seus gostos, seja aventureiro, cultural ou praiano. Seja para fazer de tudo ou simplesmente não fazer nada. Mas se você prima pela vida de solteira , mas gosta de viajar com amigos, pode se juntar aos nossos diversos grupos, com guia e atividades, podendo ficar sozinha no quarto ou dividindo com uma outra musa da independência feminina! E nossas rainhas, aquelas que chegaram na melhor idade, também podem aproveitar as viagens em grupo, iguais as que realizamos com nosso querido amigo Jose Carlos Sayão, que além do acompanhamento do guia da operadora que sai desde o local de origem, acompanha e mima nossas queridas todo o tempo, suprindo necessidades e irradiando amor e carinho por todas.

E não podemos esquecer, cada vez mais embarcamos esposas que viajam com amigas e deixam o companheiro em casa, pois entendem que casamento não transforma dois em um , mas somam dois....então, por que privar um ao outro, se os gostos de viagem não combinam?

Companheiros que apoiam e amam, transformam-se em grandes incentivadores de seus sonhos. E terminou o relacionamento, como fica? Fica viajando, é claro. Seja para afogar as mágoas ou festejar as novas oportunidades, nada melhor do que uma viagem para o “end” e o “start”. E por último, as amigas! Fazer uma trip com elas, as #forever, de toda a vida, fortalecendo os laços nesta união escolhida de almas! Organizar aquela trip especial, para celebrar a amizade. Coisa boa, ne?!
 



Depoimentos:
 

"Tenho 31 anos, nunca pensei em casar ou ter filhos, ao contrário disso, sempre pensei em ser livre e curtir minha liberdade da melhor forma, e por liberdade entenda-se fazer o que quiser, quando quiser e onde quiser. A melhor forma de me sentir livre é viajando, mesmo que seja um final de semana numa cidade vizinha, sozinha ou acompanhada (e sempre vou acompanhada por ter amigos que encaram minhas loucuras). Das coisas que amo na vida está fazer novos amigos, e colecionar momentos. Viajar é o melhor investimento que faço, minhas histórias não tem preço e valem muito, assim como as pessoas que conheço nessas aventuras. Dica de viajante: não se prive dos momentos que pode viver pensando em quanto vai gastar pra isso, dinheiro se recupera, tempo não."

Flavia Moczanski

 

“Viajar com as amigas é ter memórias coletivas. É a certeza de que, por mais que o tempo passe, alguma de nós sempre se lembrará daquele mico, daquele riso, daquela trapalhada ou do êxtase diante da descoberta do caminho certo para voltar para o hotel ou para chegar naquele lugar que nem google maps apontava. Viajar com as amigas é acreditar piamente que o longe é perto e caminhar por horas para encontrar um café perdido no meio do mundo ou uma sorveteria com uma fila medonha. Viajar com as amigas é respeitar as individualidades, conviver com as idiossincrasias e ainda assim voltar com a amizade mais fortalecida. É rir do nada ou do tudo, é encontrar encanto em todos os cantos. Nesta pandemia, centenas de vezes, diante das tristezas que nos assolaram, as lembranças proporcionadas por nossas viagens foram um bálsamo, que nos auxiliou a conviver com as adversidades. Da mesma maneira, a perspectiva de novas aventuras também nos auxilia a ter esperança de melhores tempos.”

Helena Vaghetti

 

"Viajar é umas das coisas que mais gosto de fazer. A paixão começou quando era criança e minha família viajava de carro para o interior do estado para visitar os parentes do meu pai – sempre a expectativa, as diferentes histórias sendo contadas no caminho e as novas aventuras que íamos vivendo, criando novas memórias. Tenho ótimas lembranças de viagens de ônibus ou de carro, mais longas, com os tios e primos, família reunida nos desafios de conhecer novos lugares. Depois de algum tempo começaram as viagens sozinha, de excursão ou com as amigas. E um capítulo à parte são as excursões com o grupo do Sayão – além dos lugares fascinantes, uma turma divertida e cativante! Cada tipo de viagem tem seus encantos e dificuldades. Em uma excursão você tem a oportunidade de conhecer novas pessoas, construir novas amizades ou conhecer melhor alguém que você não tinha muito contato. Com o passar dos dias vai se formando um espírito de muita camaradagem e cumplicidade. Acho fundamental que para fazer de uma viagem um sucesso, seja feita uma boa preparação – e esse grupo sabe fazer isso com certeza! Temos que também estar sempre abertos para o inesperado e saber lidar com as situações com tranquilidade e bom humor e isso não falta ! Retornamos com mais ânimo, mais disposição e já pensando na próxima aventura!"

Milene Pinto Costa 

Tecnologia do Google TradutorTradutor